..::De Bobeira::..
Ops... Você ainda não é um membro D'Bobeira..
Não esqueça de se registrar e aproveitar tudo o que temos para oferecer..

Pesquisa diz que amantes egoístas são melhores na cama.

Ir em baixo

Pesquisa diz que amantes egoístas são melhores na cama.

Mensagem por Convidad em Sab Mar 12, 2011 2:45 pm


Os homens que foram sempre acusados de ser egoístas na cama, agora, de
acordo com um estudo, deveriam estar em outra categoria. Isto joga por
terra a teoria de que os homens que são mais interessados no prazer de
sua parceira são melhores na cama. Uma nova pesquisa realizada pela
Association for Psychological Science e publicada na AOL Health assinala
que quem se preocupa mais com a satisfação própria, são excelentes
amantes, segundo suas mulheres.


A pesquisa foi realizada com
60 casais, a metade deles tinham idades entre 18 e 25 anos, e o resto,
mais de 30 anos de idade. Os participantes foram questionados a respeito
de suas motivações para ter sexo e os níveis de satisfação sexual de
seus parceiros atuais.

Os que se encontravam no grupo mais jovem e
que eram considerados mais egoístas já que só buscavam sexo porque
sentiam vontade ou somente o faziam para buscar seu próprio prazer foram
descritos por suas mulheres como excelentes amantes.

Aqueles
maiores de 30 anos, que demonstravam reações mais amorosas ou afetivas
com suas parceiras durante o ato foram considerados na maioria dos casos
como amantes medianos ou as parceiras não se mostraram totalmente
satisfeitas. A principal descoberta da pesquisa foi que quanto maior o
nível de egoísmo sexual, mais alto era o nível de satisfação sexual.

-
"Achamos que quando decresce o interesse de explorar a própria
sexualidade, decresce também a satisfação de seu parceiro", assinala um
dos pesquisadores. "Há quem possa pensar que poderia ser exatamente o
oposto devido a que um amante mais atento das necessidades do outro
poderia ser melhor na cama. E descobrimos que não é bem assim".

Os
pesquisadores concluem que aqueles que desejam ser bons amantes devem
encontrar um equilíbrio entre a busca de seu próprio prazer com as
necessidades de seu parceiro.

Por isso, continuam os
pesquisadores, pode fazer sentido que uma pessoa que não se sente
plenamente excitada, mas faça sexo assim mesmo, não terá o mesmo
rendimento sexual e provocará insatisfação em seu colega, levando o
casal a criar uma possível discórdia.

Em minha opinião, os
pesquisadores deste estudo deixaram de levar em conta um fator muito
importante: a exigência da qualidade do ato sexual pela mulher é
diretamente proporcional a sua idade, ou seja, quanto mais velha, mais
exigente -isso sem citar as manias-. É muito mais fácil satisfazer uma
jovem do que uma balzaquiana.

Fonte: AOL Health/mdig

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum