..::De Bobeira::..
Ops... Você ainda não é um membro D'Bobeira..
Não esqueça de se registrar e aproveitar tudo o que temos para oferecer..

[Artigo] Curiosidades sobre o Sexo ~ "+16"

Ir em baixo

[Artigo] Curiosidades sobre o Sexo ~ "+16"

Mensagem por Convidad em Sab Mar 12, 2011 2:54 pm




Se você faz muito barulho enquanto transa na Suíça, os vizinhos chamam a polícia. Em Gana, fazer sexo no meio do mato é proibido: perturba o meio ambiente. As paquistanesas se excitam quando os homens usam sapatos sem meias; na Malásia, a jaca é um poderoso afrodisíaco.

Aqui, segredos e curiosidades do sexo pelo mundo.

Dia internacional do orgasmo
Os organizadores de uma feira erótica na NOVA ZELÂNDIA transformaram o dia 8 de agosto no Dia Internacional do Orgasmo. Três anos atrás, eles comemoraram a data distribuindo mil vibradores nas ruas de Auckland. Em 2004, dezenas de mulheres tiraram a blusa e participaram de um desfile chamado "Peitos sobre Motos" . A idéia era celebrar a beleza das formas femininas. Para brindar, foram distribuídos 10 mil frascos de lubrificante.

Leve sua camisinha
Na CHINA, 70% dos adultos sexualmente ativos declararam que topariam fazer sexo com um novo parceiro mesmo que ele se recusasse a usar camisinha - e59% dizem já ter feito. Nesse quesito, as francesas são as mais cautelosas: só 9% transariam sem proteção com um novo amante, segundo a Pesquisa Global de Sexo 2003 da Durex, uma empresa britânica que fabrica preservativos**. Na TAILÂNDIA, onde os homens dizem ter em média 30,2 parceiras antes do casamento, a média declarada das mulheres não passa
de 0,03. Os moradores da REPÚBLICA TCHECA são os que correm mais riscos: 65% admitem fazer sexo sem proteção com um novo parceiro. É quase o dobro do percentual de americanos que admitem a experiência.

Posições geográficas
Cada pessoa tem a sua posição preferida, e o mesmo acontece com os países. No VIETNÃ, 94% preferem o homem por cima. Já na POLINÉSIA FRANCESA, os homens acham que o papai-e-mamãe é desconfortável para as mulheres, que arcam com todo o peso. Gostam mais da posição "oceânica": mulher deitada de costas, homem ajoelhado entre as pernas dela. Italianos curtem a mulher por cima, e os franceses preferem a posição de quatro.

Como uma virgem?
Os ginecologistas da ilha de CHIPRE fazem de duas a três operações de reconstituição do hímen por semana: a idéia das não-virgens é competir por um marido em pé de igualdade com as virgens.

A virgindade é tão valorizada na CORÉIA DO SUL que uma mulher de 40 anos chegou a processar um centro médico por ter perdido o hímen durante um exame Papanicolau. O hospital foi condenado a indenizá-la, já que a perda do símbolo da virgindade provocou grande angústia.

Uma mãozinha para o orgasmo

A venda de Viagra no IRAQUE duplicou nos últimos dois anos e meio. Mas, de acordo com o jornal "Los Angeles Times", alguns iraquianos preferem pedir ao farmacêutico "a pílula azul", pois ficam constrangidos em dizer o nome do remédio.

No JAPÃO antigo, os vibradores eram feitos de madeira ou pedra. Reproduzir o formato do pênis era tabu, por isso os brinquedos assumiam as formas de guerreiros samurais ou gueixas. Alguns fabricantes mantêm viva a tradição, decorando os vibradores com rostos. Outros preferem formatos neutros.

Os moradores da ISLÂNDIA são os que mais usam brinquedos sexuais no mundo: 55% adotam a prática. No
REINO UNIDO já é possível comprar acessórios sexuais em uma loja de departamentos, a Debenhams.

Nenhum outro país produz mais filmes e programas de sexo do que a ALEMANHA. Cerca de 600 novos filmes eróticos chegam ao mercado alemão todo mês e mais de 78 milhões de vídeos pornôs são alugados a cada ano. Filmes de sexo ganharam uma nova utilidade na CHINA. Preocupados com uma fêmea panda de quatro anos nascida em cativeiro e que não sabia nada sobre sexo, veterinários exibiram vídeos de acasalamento para ela -que ficou grávida pouco depois.

O paraíso é das gordinhas
Homens que usam sapatos sem meias deixam as PAQUISTANESAS excitadas. Na MALÁSIA, por causa do cheiro forte, muitos hotéis não servem jaca -fruta que as mulheres nativas julgam superafrodisíaca. No EGITO, a beleza ideal é gordinha: chamar uma mulher de "magrinha" é insulto, e não há registro de casos de anorexia.

ONDE SE FAZ MAIS SEXO? (por mês)
HUNGRIA 12,8 VEZES
BULGÁRIA 12,7 VEZES
RÚSSIA 12,6 vezes


ONDE SE FAZ MENOS SEXO? (por mês)
SINGAPURA 8 vezes
MALÁSIA 8,4 vezes
SUÉCIA 8,6 vezes

O sexo e os bebês
Em nenhum outro lugar do planeta os filhos são tão desejados quanto em ISRAEL, país que tem um grande número de clínicas de fertilidade. Segundo Robert Francoeur, editor do "The Complete International Encyclopedia of Sexuality", em alguns casos o sexo é totalmente substituído pela inseminação artificial. Ele cita um casal que teve dois filhos com tratamentos de fertilidade e voltou para tentar um terceiro.
Conversando, o médico descobriu que eles jamais tinham feito sexo.

A maioria dos ITALIANOS não deixa a casa dos pais antes do casamento. Então, é comum uma mulher começar a namorar um homem na faixa dos 30, ou até mesmo 40, e descobrir que ele ainda vive orgulhosamente ao lado de papai e mamãe. Pesquisas indicam que 68% dos italianos solteiros com
mais de 35 ainda vivem com os pais. Nesse caso, é um alívio saber que muitos desses pais permitem que a namorada passe a noite em casa.

Nos trens do JAPÃO é comum ver homens de todas as idades folheando revistas de histórias em quadrinhos com altas doses de sexo explícito. Alguns sites e sex shops japoneses adotam uma prática pra lá de duvidosa:
permitem que meninas adolescentes vendam suas lingeries para os clientes. Há quem pague até 10 mil ienes (cerca de US$ 91) por uma peça. A onda está na mira das autoridades. O dono de uma loja foi preso por envolver nesse tipo de comércio mais de 1.800 garotas.

Um evento interessante acontece em PAMPLONA (ESPANHA), no mês de julho, pouco antes da famosa corrida de touros: a Corrida dos Pelados, organizada pela Peta (People for Ethical Treatment of Animals, que defende o tratamento ético dos animais). Os ativistas querem chamar a atenção para o seu recado: não é preciso ser cruel com os animais para atrair turistas. Um outro evento inusitado acontece na ÁUSTRIA, no mês de julho: o World Bodypainting Festival, que conta com a participação de artistas de 36 países.

Gritos e sussurros
Em algumas regiões da SUÍÇA, os amantes tomam muito cuidado para não exagerar nos gemidos durante o sexo. Eles sabem que, se fizerem muito barulho depois das dez da noite, é bem possível que os vizinhos chamem a polícia. Recentemente, ao prestar queixa, uma mulher alegou que ouvir sexo barulhento toda noite provocava nela dores de cabeça, cólicas e azia.

Metade das australianas e das neozelandesas já fingiram um orgasmo. O mesmo é verdade para 44% das americanas. Uma rede inglesa de sex shops decidiu reagir à falsidade com a proclamação de um Dia
Nacional do Orgasmo (31 de julho) e o slogan "Make It, Don't Fake It" ("Não Finja, Faça").

Na CHINA, onde 40% das mulheres consideram o sexo sujo, só 12% sentem necessidade de representar para o parceiro.

Sexo casual
Quem tem mais chance de conseguir uma boa transa de uma noite só? Os moradores da ISLÂNDIA (71% já chegaram lá) e da NORUEGA (70%).

Quem tem menos chance de conseguir? Habitantes de HONG KONG (onde só 20% admitem a experiência).

Onde elas não têm prazer

"Em muitas culturas, o orgasmo feminino é desconhecido, e esse tipo de prazer não faz parte da experiência da maioria das mulheres", diz Robert Francoeur, editor de uma enciclopédia internacional de sexualidade. Em certas regiões da ÁFRICA, a mulher é obrigada a uma torturante preparação antes do sexo: secar a vagina inserindo nela pedaços de jornal e pimenta, sal ou urina de macaco. Com isso, o tecido vaginal fica inchado e quente -a intenção é dar mais prazer ao homem durante a penetração. Para a mulher, o costume transforma sexo em dor; para ambos, aumenta o risco de contrair doenças sexualmente transmissíveis, incluindo a aids.

Sem fronteiras
A boa notícia: não importa onde você viva, pesquisas confirmam que sexo reduz o risco de câncer de mama, resfriado, cardiopatia, insônia, cólicas menstruais e envelhecimento precoce.

No primeiro encontro?
Cerca de 40% dos adultos sexualmente ativos na RÚSSIA dizem que fariam sexo no primeiro encontro. A maioria dos AMERICANOS prefere esperar pelo menos um mês. No VIETNÃ, a tendência é mais conservadora: mais da metade espera a noite do casamento para fazer sexo.

Prazeres na ponta da língua
Em países como a ÍNDIA, onde muitas linguagens diferentes são faladas, existem oito palavras diferentes para definir orgasmo. São termos com duplo sentido, que também significam "felicidade", "satisfação",
"satisfação total", "acordo final", "prazer", "bênção", "intoxicação" e "coisa gostosa".

Um termo popular para masturbação na ISLÂNDIA é sjálfsflekkun, que equivale a "autoprofanação". A maioria dos moradores da TAILÂNDIA chama o prazer solitário de chak wow, que significa "empinar a pipa" -um passatempo popular no país. Em certas regiões de UGANDA não existem palavras para orgasmo feminino, clitóris ou qualquer coisa relacionada à sexualidade feminina. A idéia de que as mulheres
possam se masturbar e ter prazer é considerada tão absurda que não existe um vocabulário para isso.


Qual a profissão mais sexy?
Comissária de bordo: CROÁCIA, REPÚBLICA TCHECA
Massagista: POLÔNIA, ALEMANHA
Soldado: SUÉCIA, FINLÂNDIA
Médico/enfermeira: DINAMARCA, ITÁLIA, ESLOVÁQUIA, ÁUSTRIA
Ator, atriz: ÍNDIA
Modelo: CHINA, TAIWAN, VIETNÃ
Bombeiro: EUA, CANADÁ, AUSTRÁLIA, INGLATERRA

*Todos os países concordam: advogados têm a profissão menos sexy do mundo
ISSO É QUE É RAPIDINHA! NA COSTA RICA, 70% DOS HOMENS TÊM EJACULAÇÃO PRECOCE. O SEXO NUNCA PASSA DE TRÊS MINUTOS

Brasil na cama
No estudo da Durex, os brasileiros são apontados como a nacionalidade mais sexy do mundo. Mas a realidade mostra que ser sensual nem sempre significa ser bem resolvido sexualmente.

Uma em cada quatro mulheres brasileiras (26%) não tem orgasmo, segundo uma pesquisa do Projeto Sexualidade*, da Universidade de São Paulo, que ouviu 7 mil homens e mulheres de diversas classes sociais. Entre as maduras, o problema em geral está ligado à falta de desejo e a disfunções físicas.
As mais jovens sofrem com a inexperiência dos parceiros ou delas mesmas.
O estudo revelou que 31% nunca haviam se masturbado, o que faz toda a diferença na vida sexual feminina. "As mulheres que têm intimidade com seu corpo chegam ao orgasmo com mais facilidade", diz a médica Carmita Abdo, coordenadora do projeto. Entre os homens, 48% têm disfunções como impotência, dificuldade de ereção ou ejaculação precoce. A preocupação com a performance é uma das causas.

Em matéria de práticas sexuais, as posições preferidas, para homens e mulheres, ainda são as três mais tradicionais: papai-e-mamãe, mulher de quatro ou mulher por cima. O curioso é que, mesmo enfrentando problemas, a maioria classifica a sua vida sexual como boa (57%) ou excelente (25%). A avaliação, diz
Carmita Abdo, tem mais a ver com quantidade do que com qualidade. O brasileiro tem de duas a três relações por semana, enquanto a média nos EUA e na Europa é de seis por mês.

* O Projeto Sexualidade da USP responde a dúvidas sexuais gratuitamente pelo telefone 0800-701-0136

Por aqui, todo cuidado é pouco
De cada cinco adultos sexualmente ativos na ÁUSTRIA, um admite que já fez sexo com o parceiro do melhor amigo(a). O número é bem menor em Cingapura: só um em cada 15 cometeram a traição.

Os americanos estão entre os mais honestos do mundo na hora de falar sobre doenças sexualmente transmissíveis -85% contam aos parceiros se foram infectados com alguma DST. O mesmo é verdade para 90% dos húngaros. No outro extremo estão Malásia e Taiwan, onde 90% não dão essas informações aos
parceiros.

No MARROCOS e no JAPÃO, é bastante comum a prática masculina de buscar estimulação sexual esfregando-se numa parceira "involuntária". Em geral, a agressão acontece na hora do rush, num vagão
de trem ou metrô superlotado. Os japoneses têm até uma palavra específica para esses tipos: chikan.

Quem tem mais orgasmos?
Na ALEMANHA, 99% das mulheres sexualmente ativas dizem que já alcançaram o orgasmo. Não chega a ser uma surpresa: ao desembarcar no aeroporto de Frankfurt, você já tem à disposição três sex shops diferentes. Em compensação, as mulheres do LESTE e do SUDESTE DA ÁSIA, do ORIENTE MÉDIO e da ÁFRICA são as que têm menos probabilidade de alcançar o prazer, de acordo com a pesquisa mundial sobre sexo da Durex. Nos países africanos em que a circuncisão feminina (retirada do clitóris) é comum, alguns
grupos de mulheres estão aprendendo a estimular o ponto G na tentativa de experimentar um orgasmo pela primeira vez na vida.TABU MUITO LOUCO

Fazer sexo entre arbustos é considerado tabu na GANA RURAL. Eles consideram que não se pode transformar o sexo, um ato sagrado, em algo que perturba o meio ambiente. Se a regra é descumprida, o caso é tratado como estupro.

QUAL É A NACIONALIDADE MAIS SEXY?
BRASILEIRA 10% AMERICANA 9% FRANCESA 8%

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum